Laércio Oliveira e família

Tuesday, March 13, 2007


Vi na TV que durante uma greve de motoristas de ônibus por aumento de salários, o povo prejudicado pela falta de condução se revoltou, e apredejou vários ônibus, e arrancou os assentos e coisas assim. Vendo isso eu comentei com a Glória: “o Brasil está mudando!” Estávamos acostumados com um país em que os poderosos faziam de tudo e o povo não fazia nada, e todo mundo dizia: “o Brasil é um país pacífico!” Era, mas com toda essa comunicação, a divulgação diária que temos hoje em dia, de tudo o que acontece pelo mundo, e as reações dos povos em outras nações, o Brasil, ou seja, o povo brasileiro está mudando.
A reação é necessária, a reação é bíblica, mas que tipo de reação? Hoje o evangelho nos diz: ”Senhor quantas vezes eu devo perdoar? Não te digo até sete vezes, mas ate setenta vezes sete!” (Mt18, 21-35) Aqui esta uma reação, uma reação necessária, e uma reação básica para quem quer fazer a diferença, para quem quer mudar o mundo, para quem quer a paz, ou seja, para quem quer ser de Deus! Diante do erro do irmão, eu devo perdoar! O irmão age, de maneira errada, e eu reajo de maneira certa! Essa é a essência do evangelho, reação boa, generosa, necessária, para dar tempero, e sentido a vida.
Brasileiros, homens e mulheres, o que seria de nosso país, se todos reagissem certo? Que Brasil teríamos se todos reagissem à maneira do evangelho? Eu digo, teríamos um Brasil de Paz, um país pacífico, mas com um povo que age e reage de maneira generosa, e honesta diante das situações, e esse é o país pacifico que todos queremos!

2 Comments:

Anonymous Anonymous said...

Laercio achei lindo sua reflexao para o perdao,uma solucao que caberia em cada coracao se os homens deixassem o Poder do Espirito Santo de Deus agir em nosso interior. Abcs. Elmira de Contagem-MG

6:48 AM  
Anonymous Anonymous said...

Ainda hoje em França um jovem foi abordado pelas autoridades de forma rude, por entrar no metrô sem bilhete. Depois disso houve revolta.

As vezes depois de uma situação tudo aproveita ou tudo se revolta.

Isso não é cristão, muito menos católico.

Devemos ser corajosos para enfrentar situações e mudar ou melhorar as coisas, mas Jesus ensinou a misericórdia. Como tal, sempre com paz no coração. E vem-me à memória a frase: "Senhor, perdoa-lhe, que não sabem o que fazem". Transformar o ódio, não em mais ódio, mas em misericórdia. Grande lição!

Talvez seja difícil sermos como Jesus, mas talvez possamos ser como Paulo...

Com amizade,

Sergio Oliveira
Fatima
Portugal

1:13 AM  

Post a Comment

Links to this post:

Create a Link

<< Home